Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Terapias do bem-estar

Com este projecto, quero ajudar a que todos possam usufruir de toda a informação que transmitimos, trabalharem o vosso auto-conhecimento e o vosso auto-controlo para superarem qualquer desafio.

Terapias do bem-estar

Com este projecto, quero ajudar a que todos possam usufruir de toda a informação que transmitimos, trabalharem o vosso auto-conhecimento e o vosso auto-controlo para superarem qualquer desafio.

5 maneiras simples de desenvolver a relação com os seus guias espirituais

 

images_cms-image-000334133.jpg

Vivemos num mundo cada vez mais independente e muitas das vezes sentimos desamparados sem saber o que fazer. Pedimos ajuda, mas nem sempre as pessoas conseguem compreender-nos. Esta nova mudança requer capacidades de adaptação e resiliência para defender-nos dos perigos tanto emocionais como sociais que desafiam a nossa realidade.

 

O ser humano é um ser extraordinário que tem imensas capacidades interiores de excelência. Neste artigo vamos falar de uma bem particular que pode ajuda-la(o) na sua tomada de decisões.

 

Estou a falar nada mais, nada menos do que a intuição. Um poder sensorial incrível capaz de mudar a perspetiva com que olha para o mundo e se souber comunicar com essa habilidade conseguirá superar todos os seus obstáculos.

 

A partir dessa capacidade conseguirá comunicar com os seus guias, uma equipa fantástica à espera que a(o) ajudem a ultrapassar as barreiras que a vida impõe. Para conseguir comunicar com Eles precisa de permitir receber essa ajuda.

Escolhidos cuidadosamente e recrutados apenas para si, os guias espirituais são seres que são completamente dedicados ao seu crescimento e desenvolvimento tanto pessoal como profissional.

Muitos tiveram vidas aqui na Terra e, assim como os seus, têm o seu próprio pacote eclético de talentos, sabedoria e experiências.

Perfeitamente adaptado aos seus chamamentos mais altos, o seu único trabalho é apoiá-la(o) e guiá-la(o) quando assim o desejar.

Aqui estão 5 maneiras simples de desenvolver a sua relação com os seus guias espirituais:

 

  1. Faça perguntas claras e objetivas.

 

Os nossos guias espirituais podem guiar-nos em qualquer situação, num parque de estacionamento para curar um coração partido, experimentar mais alegria para encontrar o trabalho certo, encontrar o seu futuro parceiro, encontrar a coragem para enfrentar o passado, etc. Nenhum pedido é muito grande ou muito pequeno, muito específico ou muito amplo. Como vivemos num mundo de livre arbítrio, para que eles possam intervir, primeiro devemos perguntar.

 

  1. Desapegue-se do resultado

 

Quando comecei a trabalhar com os meus guias espirituais, esperei muito tempo que eles aparecessem em preto e branco antes de levá-los a sério. Eu queria um relacionamento pessoal, para vê-los e senti-los como se eu fosse um amigo ou membro da família. Eu queria conhecer a idade, os antecedentes, a personalidade e a cor do cabelo. Eu queria que eles almoçassem comigo e partilhassem uma garrafa de vinho maduro. No momento em que eu larguei no que eu acreditava/pensava que a experiência deveria parecer (por exemplo, que eles deveriam ser um monge budista) comecei por olhar para eles com uma outra perspetiva. Deveria vê-los ou ouvi-los para receber a sua orientação (no meu olho mental ou através de outra pessoa) e com tudo isso, o meu relacionamento com os meus guias aprofundou-se e desenvolveu-se cada vez mais. Deixe de lado como a sua mente pensa que deve ser e abra-se para receber as suas orientações de maneiras além das suas expectativas.

 

  1. Faça meditação

 

Os nossos guias espirituais estão sempre prontos para se conectar conosco, no entanto, ajustar a sua freqüência às vezes não é tão fácil como ligar a TV (pelo menos não no início). Reservar um tempo para dedicar-se à meditação é uma ótima maneira de estabelecer uma conexão inicial com o seu guia.

 

  1. Crie uma caixa para as suas orientações

 

Utilize uma pequena caixa para comunicar com seus os guias espirituais. Num pequeno pedaço de papel, anote uma pergunta ou algo específico com o qual gostaria de ser ajudado. Dobre o pedaço de papel e coloque-o na caixa.

 

  1. Peça um sinal

 

Escolha um objeto particular que deseja receber como forma de comunicação com os seus guias. Poderia ser qualquer coisa, um símbolo como uma estrela ou uma rosa vermelha. Na primeira vez que fiz isso, escolhi uma pena de cor vermelha. Nem tinha passado uma hora, encontrei uma pena de cor vermelha na porta da minha casa.

 

Partilhe com os seus amigos e familiares para ajuda-los a desenvolver tambem a relação com os seus guias espirituais